Ireneu acusa RTP-M de persistir em não dar diretos de Marcelo e de se furtar ao serviço público

O Representante da República para a Madeira emitiu hoje uma nota lamentando “profundamente que, numa
altura em que o sentimento de unidade nacional é da máxima relevância, e em que os portugueses precisam  atempadamente  de toda a informação, a RTP-Madeira persista em não transmitir em direto as mensagens dirigidas
ao País pelo  Senhor Presidente da República, furtando-se,  mais uma vez, à sua missão de serviço público”.

Ireneu Barreto lembra que “a mensagem desta noite, foi previamente anunciada” para  “informar os portugueses da
renovação do estado de emergência, motivado pela pandemia que assola Portugal e o Mundo”