Barreto reafirma objetivo de apoiar a internacionalização das empresas madeirenses

Rui Barreto ECM BO Secretário Regional da Economia visitou, esta manhã, a Empresa de Cervejas da Madeira, em Câmara de Lobos, onde reafirmou os propósitos do Governo Regional de “apoiar as empresas em processos de internacionalização para que tenham as mesmas condições que outras empresas no espaço europeu”.

Rui Barreto lembra que “somos uma Região insular e ultraperiférica e não é admissível que, por exemplo, os nossos vizinhos canários, tenham apoios para a expedição de produtos originários de Canárias, com o frete subsidiado e pago a cem por cento e as empresas regionais ainda não o tenham. Esse é um desígnio deste governo”, referiu.

Rui Barreto quer proporcionar “as mesmas condições, seja no imposto especial sobre o consumo, seja no apoio ao frete para garantir competitividade, para que não haja distorções à concorrência”.

O titular da pasta da Economia assegurou que o Governo Regional irá tomar medidas para que as empresas regionais sejam “mais competitivas e para que consigam chegar a outros mercados”.

A ECM é a sétima maior empresa da Madeira, com um volume de exportações na ordem dos 5 milhões de euros. As exportações representam vinte por cento da produção regional.

A empresa é líder de mercado, cobre cem por cento dos pontos de venda na Madeira e conta com uma quota de mercado de oitenta por cento.