O voto é no jardinismo ou nos que estão contra o regime, adverte Edgar Silva

CDU 17 de setembroA CDU desenvolveu iniciativas de campanha eleitoral no Caniço, onde Edgar Silva, cabeça de lista desta candidatura às próximas Eleições Regionais, afirmou que «a grande opção é entre o voto nos defensores do jardinismo, do regime de  Alberto João Jardim ou o voto de quem está na luta contra o regime. Ou seja, aos eleitores está colocado um desafio muito claro, ou votar naqueles que elogiam (fanaticamente) Alberto João Jardim e o seu regime, como agora o fez Paulo Cafôfo, ou votar num novo rumo que a CDU corporiza. A verdade é que, depois dos recentes elogios do PS e de Paulo Cafôfo a Alberto João Jardim, na entrevista ao “Expresso”, tudo se tornou ainda mais claro. Existem duas vias políticas. Existe o pólo dos elogios ao regime jardinista, que proclama a existência de um “rumo certo” a prolongar, e essa é a via que une quer o PSD de Miguel Albuquerque, quer o PS de Paulo Cafôfo. E existe outro rumo, uma contraposição ao regime, com provas dadas ao longo de décadas de luta contra o jardinismo, uma alternativa, que é a CDU.»

Regionais 2019

Nesta iniciativa da campanha eleitoral disse ainda Edgar Silva que « o PS de Paulo Cafôfo ao tecer tamanhos elogios ao “grande democrata Alberto João Jardim” traz um enorme contributo a esta campanha eleitoral e à clarificação política. A partir de agora não restam dúvidas de que lado está o PS de Paulo Cafôfo, quanto ao que defende e elogia, como modelo, quanto ao que pretende para o futuro desta Região. E esta clarificação ajuda melhor a distinguir entre quem quer mais jardinismo e quem luta pelo derrube do regime.»