Governo Regional acerta com os médicos um acordo “inédito” no País, limite nas horas extra e melhoria nos incentivos

Médicos acordoGoverno Regional e sindicatos médicos fecharam hoje um acordo “inédito no país”, como fez questão de salientar o secretário regional da Saúde, Pedro Ramos. Os sindicatos reconheceram que “os médicos na Madeira passam a dispor de melhores condições de trabalho, algo que ainda não foi possível concretizar ao nível nacional”.

Dias de férias e limitação das horas extraordinárias são duas das questões que ficaram plasmadas no documento, sendo que a limitação assenta em 150 horas anuais, considerado pelos sindicatos como “um avanço”.

Pedro Ramos relevou a melhoria das condições de trabalhos para os médicos, que tem como consequência uma melhor prestação de cuidados para a nossa população. Temos estabelecido diálogo com diversos grupos profissionais, constituindo grandes conquistas para o sistema de saúde da Região. Para além dos incentivos aos médicos, estamos a pagar melhor as horas extraordinárias, regularizando o pagamento em dias feriado”.

O secretário admite a existência de carências em determinadas áreas, que necessitam de mais profissionais, mas afirma que os profissionais sempre têm manifestado disponibilidade. Tinhamos o limite de 200 horas, de periodicidade semestral, a partir desse limita passavamos a pagar horas extraordinárias. Passa para 150 anuais”.

Pedro Ramos lembra números da Legislatura de governação de Miguel Albuquerque, apontando a contratualização de 1291 profissionais na área da Saúde, 385 novos médicos, 270 no Internato Médico, 115 contratações externas, ultrapassámos a barreira dos 400 enfermeiros, temos 410 e haverá abertura de concurso, até final do ano, para mais 58 novos enfermeiros e mais 14 médicos. Contratámos 308 assistentes operacionais, 45 técnicos de diagnóstico e terapêutica e 25 técnicos superiores de saúde”.

Nesta cerimónia de assinatura do acordo estiveram presentes, Roque da Cunha pelo Sindicato Independente dos Médicos, e Hugo Esteves pelo Sindicato dos Médicos da Zona Sul.