CDS quer viabilizar terapias alternativas no Serviço de Saúde da Região

CDS 1 de setembroO CDS está disponível para trabalhar no sentido de criar legislação que permita o acesso das pessoas às terapias alternativas dentro do Serviço Regional de Saúde da Região (SESARAM). Numa sessão coordenada por Eduardo Luís, presidente da Ordem Mundial de Reflexologia, este domingo, nos Jardins do Lido e “muito participada”, como refere uma nota do partido, Rui Barreto quer alargar os benefícios desta terapia aos cuidados de saúde que são prestados às populações.

“Estamos a falar de terapias que são fundamentais para a prevenção e o diagnóstico, mas também para debelar muitas vezes a dor”, afirmou o líder do CDS-PP, ele próprio um utente frequente destes serviços que não dispensou a presença de Eduardo Luís e submeteu-se a uma bateria de tratamentos para ajudar a recuperar do desgaste da pré-campanha eleitoral. “Estamos a falar de uma área muito importante para a qualidade de vida, em qualquer fase da idade, mas quando a longevidade é cada vez mais longa precisamos de ter melhor qualidade de vida e bem-estar.”

Regionais 2019

A participação do líder da oposição neste evento, organizado pelo CDS-PP, teve por objectivo “chamar a atenção, sem dogmatismos, para os benefícios da reflexologia e das terapias alternativas.”São importantes porque são complementares e têm um efeito positivo no corpo, ajudam a mitigar a dor”, frisou Rui Barreto, que deu algumas notas sobre as formas de acesso já existentes.