Via expresso entre Ribeira de São Jorge e Arco de São Jorge concluída em três anos

Albuquerque São JorgeO presidente do Governo Regional visitou hoje os trabalhos da via expresso entre a ribeira de São Jorge e o Arco de São Jorge, cujos trabalhos tiveram início na semana passada. Uma ligação com a extensão de 5.990 metros. A segunda fase está orçada em 14 milhões de euros, lembrando-se que as obras de arte principais já estavam executadas desde 2012. Orçamentalmente falando, é para dividir em três anos.

Miguel Albuquerque considerou esta uma obra “muito importante para as populações”, mas também para a conclusão estrutural da via expresso.

A execução deste troço rodoviário foi dividida em duas fases, sendo que da primeira fase fizeram parte os trabalhos de escavação, revestimento provisório e definitivo e drenagem dos túneis 1 e 2, e parte do túnel 3 e as galerias de emergência 1, 5 e 6.  Foram ainda executadas as terraplanagens, parte da drenagem e estruturas de suporte do troço a céu aberto.

Nesta segunda fase da obra serão executados os restantes trabalhos em subterrâneo, três obras de arte com extensões compreendidas entre os 50 e os 290 metros e três rotundas que irão permitir a ligação da via expresso à rede viária existente.