CDU debateu direitos dos homossexuais e não só

A CDU realizou hoje um dos debates integrados no ciclo das “Segundas Conversas”, para o qual foi convidado Filipe Olim, dirigente associativo e membro da “Associação Ex Equo”.

Subordinado à temática “O “I”de LGBTI não é de Indiferença”, neste debate foi sublinhada a importância de se aprofundar uma política de igualdade. Para tal importará concretizar uma educação para a aceitação das diferenças. É necessário, por isso, reafirmar que o género, a orientação sexual, a etnia ou o credo não podem ser factores de diminuição dos direitos de cada cidadão. É nas diferentes características de cada um que está a riqueza e a diversidade da sociedade plural, refere a CDU.

Filipe Olim declarou, na ocasião, que “apesar dos avanços já realizados em Portugal, ainda há muito a fez no plano legal e, sobretudo, ao nível da consciência das pessoas para uma cultura da diversidade. Importa trabalhar muito mais para vencer as formas de descriminação negativas que ainda existem”.