Grupo “Si que Brade” da DSEAM participou no projecto “A música portuguesa a gostar dela própria”

O agrupamento musical “Si que Brade”, da Direcção de Serviços de Educação Artística e Multimédia (DSEAM), da Direcção Regional de Educação, participou, no passado dia 9 de Junho, no projecto “A Música Portuguesa a Gostar Dela Própria”.

O mesmo incluiu a gravação de dois vídeos de música madeirense. O primeiro, de música tradicional do Porto Santo, “Baile da Meia Volta”, já disponível para visualização, e o segundo, “Testemunha de meus ais”, de Silva Teles, ainda por publicar. Participaram nesta gravação os alunos Afonso Silva, Tiago Santo, João Pedro Sousa, Luís Abreu, Rúben Martins, Margarida Freitas e Sofia Teixeira.

De acordo com nota de imprensa, esta é a segunda vez que o grupo participa neste projecto nacional de divulgação de práticas musicais rurais e urbanas, depois da estreia em Março de 2015.

“A Música Portuguesa a Gostar Dela Própria”, fundado em 2011, constitui um dos maiores espólios audiovisuais, de tradição oral e memória colectiva, existentes em Portugal. Tem por objectivo criar uma consciencialização para o conhecimento e importância de um património vivo e muitas vezes esquecido de tradição oral, cantigas, romances, contos, práticas sacro-profanas, músicas, danças e também gastronomia. Esta consciencialização, que é essencialmente um mecanismo de alfabetização da memória, lembra-nos que é urgente documentar, gravar e reutilizar fragmentos da memória de um povo.

O projecto foi coordenado pelo realizador Tiago Pereira que já gravou, na Madeira, 116 vídeos, pertencentes a 73 projectos musicais diferentes. Os vídeos da Madeira podem ser consultados em http://amusicaportuguesaagostardelapropria.org/distrito/madeira/

Tiago Pereira é realizador, documentarista, radialista e visualista. Enquanto mentor e director do projecto “A música portuguesa a gostar dela própria”, tem promovido e divulgado a música portuguesa em várias direcções, tornando-se um activista, defensor da memória colectiva e tradição oral, realizando filmes, séries documentais, programas de rádio, programação musical e eventos subordinados ao tema da cultura popular.