Dez médicos e farmacêuticos detidos pela PJ em megaoperação sobre faturas falsas

JudiciariaA Polícia Judiciária está a desenvolver uma operação nacional que levou já à detenção de 10 médicos e farmacêuticos. O motivo prende-se com um eventual esquema de receitas falsas e medicamentos comparticipados a cem por cento pelo Estado.

Segundo o DN Lisboa, “estão a ser realizadas buscas em vários pontos do território nacional, em residências e em estabelecimentos. Vários mandados de detenção estão a ser executados pelos inspetores da PJ”.

Esta operação da PJ resultou de várias denúncias, sendo que o Estado foi lesado em milhõwes de euros.

Estas detenções ocorrem em dia de greve dos médicos.