Esquadra da PSP na Ponta do Sol e marginal da Madalena do Mar como zona de coexistência são projetos de relevo para o CDS

CDS Sara Madalena 29 de junhoA nova localização da futura esquadra da PSP na Ponta do Sol, junto à rotunda, bem como a criação de uma zona de coexistência na marginal da Madalena do Mar, são dois dos projetos que a vereadora Sara Madalena, do CDS, destaca como tendo o “dedo” dos centristas a favor da melhoria de condições da população, tanto em matéria de segurança, como no que se prende com uma outra visão sobre zona litoral da Madalena.

A vereadora diz que “está unicamente focada em ajudar na solução dos problemas mais prementes da população da Ponta do Sol, e assumiu que o partido votará qualquer proposta que traga as melhores soluções para o concelho, “venha do PSD ou do PS”.

Sara Madalena deu dois dos últimos exemplos da influência do CDS na vereação da Câmara Municipal da Ponta Sol e da sua importância para a solução de problemas que se arrastam há anos: a construção da nova esquadra da PSP, que só avança porque o CDS votou ao lado do PS, enquanto o PSD votou contra; a criação de uma zona de coexistência, automóveis e peões, na marginal da Madalena do Mar.

A vereadora do CDS levou este sábado a comunicação social ao local para onde está projectado o edifício da nova esquadra. “Este projecto só está a ser possível com a colaboração do CDS e ao seu papel imprescindível na Câmara”, explicou. “Votamos a favor da proposta de comodato e também do contrato inter-administrativo para a construção da esquadra. É um projecto indispensável para a segurança da população, aliás, a segurança e o respeito pelas forças de segurança são pedras basilares para o CDS e por isso só poderíamos estar a favor de um projecto com este cariz. A população merece, a população precisa, a população espera por esta decisão há demasiados anos. Não compreendemos como é que o PSD vota contra esta proposta, não percebemos o que realmente quer o PSD para o concelho.”

Outra proposta do CDS, aprovada pelo executivo socialista, irá mudar o panorama na marginal da Madalena do Mar e transformá-la em zona de coexistência. “O projecto irá melhorar a fluidez do trânsito, em coexistência com transeuntes apeados, de bicicleta, em skates ou mesmo em cadeira rodas, terá também zonas de estacionamento”, explicou sara Madalena. “O PSD absteve-me na votação desta iniciativa, e mais uma vez não se percebe o que quer o PSD para o concelho. O CDS não ganhou a Câmara mas não abdica do seu papel decisivo nas decisões fulcrais para a Ponta do Sol. Estamos com grande sentido de responsabilidade, sem medo e a dar o nosso melhor pela população.”