PSD de Rui Rio em “queda livre” na última sondagem, diferença para o PS é de 12,5 pontos

Voto-vfcomunicação
Person voting

São os dados da última sondagem, de junho, da Aximage para o Jornal de Negócios e o Correio da Manhã e apontam às eleições nacionais que têm como data indicada o dia 6 de outubro, faltando a respetiva marcação oficial por parte do Presidente da República.

Os indicadores desta sondagem revelam uma “queda livre” do PSD de Rui Rio, está a 12,5 pontos do PS de António Costa. A descida é de 4 pontos face a abril, apresentando um resultado de 23,1% das intenções de voto, muito próximo do pior resultado de sempre do PSD, que foi nas Europeias de maio.

Segundo esta sondagem, e de acordo com o que revela o Observador, quase todos os partidos descem, até o PS. Só que uns descem mais do que outros e, por isso, o PS segura vantagem e o PSD sofre a pior avaliação. O PS ficaria com 35,6%, o CDS também cai para 6,6%, ao mesmo tempo que o Bloco de Esquerda apresenta 9% e o PCP 7%.

A exceção é para o PAN, o único a subir, tem 4,2% .

Falando de líderes, a situação não melhora para o PSD. Rio tem 6,2 valores numa escala de 0 a 20. Costa tem 10,3, Catarina Martins (BE) com 9,9, André Silva (PAN) com 9,3 e Jerónimo de Sousa (PCP) com 9,2 valores.

A sondagem foi desenvolvida entre 13 e 19 de junto, por entrevista telefónica, num universo de 605 pessoas. A margem de erro é de 4%.