“Turismo” revela que os livros dos 600 anos “suscitaram interesse” na Feira do Livro de Lisboa

Feira do Livro Lisboa 600 anos B
Madeira apresenta livros dos 600 anos na Feira do Livro de Lisboa.

A informação é da secretaria regional do Turismo e Cultura e revela que “a apresentação dos livros dos 600 Anos, na 89ª Feira do Livro de Lisboa, que decorreu, no passado sábado, no auditório do certame, suscitou particular interesse, sobretudo, entre os madeirenses residentes na área metropolitana da capital portuguesa, nomeadamente entre o grupo “Tertúlia Madeirense”, que se reúne, mensalmente, na Ordem dos Engenheiros, com convidados para debater temas actuais e pertinentes”

Deste modo, com a presença do Presidente da Comissão Executiva das Comemorações dos  600 Anos, Guilherme Silva, da diretora regional das Cultura, Teresa Brasão, e do Coordenador do Serviço de Publicações, Marcelino Castro, foram apresentados as diversas publicações inseridas no âmbito das comemorações dos 600 Anos e da responsabilidade dos Serviços da Direcção Regional de Cultura.

Refira-se que, na Feira do Livro de Lisboa, desde 2011, que a participação da Direcção Regional de Cultura tem realizado apresentações do acervo livreiro regional com o objectivo de  disponibilizar diretamente aos muitos interessados, estudiosos e madeirenses residentes na área metropolitana de Lisboa o acesso às publicações editadas pela DRC, fomentando desta forma, o estudo, o conhecimento e a ligação ao arquipélago.

Na edição deste ano da Feira do Livro de Lisboa, no Parque Eduardo VII, que termina a 16 de Junho, no stand da DRC estão disponíveis obras de todas as chancelas editoriais, em concreto, Coleções Serviço de Publicações, Coleções Museus e Património, Coleções Arquivo e Biblioteca Regional da Madeira, bem como as Coleções Centro de Estudos de História do Atlântico.