Paulo Cafôfo sai da Câmara do Funchal na quinta-feira

cmf cafofo
A saída de Paulo Cafôfo faz com que o vice presidente da Câmara do Funchal, Miguel Silva Gouveia, assuma a liderança da Autarquia.

O presidente da Câmara Municipal do Funchal, candidato socialista ao cargo de presidente do Governo Regional, nas eleições de 22 de setembro, deixa as funções autárquicas na próxima reunião de quinta-feira, com o objetivo de se dedicar, exclusivamente, à estratégia de candidatura à Quinta Vigia.

A notícia é hoje avançada pelo DN Funchal e surge logo após as eleições europeias, um timming que já tinha sido definido para uma decisão relativa ao processo que visa as eleições regionais e concretização do projeto definido pelo PS-Madeira de ter um líder partidário, Emanuel Câmara, e um candidato à presidência do Governo, ainda que em matéria eleitoral não exista a formalidade de candidato a presidente do Governo, mas sim a escolha de deputados.

O mesmo jornal adianta que a renúncia, por si só, não será suficiente para Paulo Cafôfo assumir a dedicação exclusiva, uma vez que é professor na escola do Campanário e o pedido de licença, que já foi enviado pelo autarca junto da secretaria da Educação, pode não ser aceite.

Paulo Alexandre Nascimento Cafôfo é professor, tem 48 anos de idade, é presidente da Câmara do Funchal desde outubro de 2013. Ganhou as eleições numa Coligação Mudança e foi reeleito, em 2017, pela Coligação Confiança. Assume, agora, em exclusividade, a candidatura pelo PS às próximas eleições regionais de setembro.