Nelson Veríssimo orador convidado pela Academia de Marinha e pelo Instituto de Cultura Europeia e Atlântica

O historiador madeirense e nosso colaborador Nelson Veríssimo é um dos oradores convidados para uma sessão cultural alusiva aos 600 anos do descobrimento do arquipélago da Madeira, integrada no âmbito das comemorações do 50.º aniversário da Academia de Marinha (1969-2019).

A sessão acontece no próximo sábado, dia 11, pelas 15 horas, no auditório da Casa de Cultura Jaime Lobo e Silva, na Ericeira, com organização da Academia de Marinha e do ICEA – Instituto de Cultura Europeia e Atlântica. Além de Nelson Veríssimo, docente da Faculdade de Ciências Sociais da Universidade da Madeira, foram convidados, como oradores, José Manuel Garcia, António Costa Canas e João Abel da Fonseca.

Após a abertura dos trabalhos pelo presidente do ICEA, José Viegas Freitas, o académico José Manuel Garcia proferirá uma intervenção intitulada “A Madeira e os seiscentos anos do início dos Descobrimentos Portugueses”. Segue-se “Madeira, novo modelo de Expansão”, a alocução do comandante António Costa Canas.

João Abel da Fonseca falará posteriormente, com a palestra “Revisitar o ‘Livro Segundo das Saudades da Terra: em que se trata do descobrimento da ilha da Madeira e suas adjacentes e da vida e progénie dos ilustres capitães delas’, de Gaspar Frutuoso – um autor do século XVI”.

Nelson Veríssimo fará a sua intervenção, intitulada “Descobrimento e povoamento do arquipélago da Madeira, pelas 17h10, antes do debate.

Após o mesmo, o presidente da Academia de Marinha, almirante Francisco Vidal Abreu, proferirá umas palavras de encerramento.