Evento de “orgulho gay” Madeira Pride realiza-se em Outubro no Funchal

A Comissão Organizadora do “Madeira Pride”, evento público de reivindicação dos direitos LGBTI+, veio, em nota de imprensa , dar conta de que “a alteração da nomenclatura não é apenas uma mudança de nome, é também uma evolução da visão do evento que se quer o mais inclusivo possível”.
O evento realizado pela primeira vez em 2017 intitulou-se originalmente “Funchal Pride”, destinando-se a promover a visibilidade e a inclusão da comunidade lésbica, gay, bissexual, trans e intersexo na sociedade. Agora denominado “Madeira Pride”, pretende com a nova designação “sensibilizar para a luta contra o preconceito em toda a Madeira e Porto Santo”. Isto porque “a discriminação e a desinformação são ainda maiores fora da cidade do Funchal, pelo que se visiona um Madeira Pride cada vez maior e mais interseccional. O evento evolui, assim, para algo mais amplo e regional”, sublinha-se numa nota à comunicação social.
“Numa altura em que os direitos humanos estão cada vez mais ameaçados em todo o mundo, com retrocessos sociais e legislativos que põem as pessoas LGBTI+ à mercê da discriminação e da violência, o Madeira Pride vem apelar à resistência. Para 2019, o evento acontece com o mote “Orgulha-te de Quem És”. O sentimento de vergonha que cada pessoa LGBTI+ sente por ser quem é, é uma das consequências mais frequentes da homofobia, bifobia e transfobia. É cada vez mais urgente encher-se o peito de orgulho por sermos quem somos, pois só assim é possível dizer que não há vergonha por se ser negro, por se ser mulher, por se ser diferente… por se ser LGBTI+. Assim, este ano, estima-se que a 3.ª Marcha do Orgulho LGBTI+ da Madeira seja ainda mais colorida e representativa de todo o orgulho que devemos ter”, refere-se.
A Comissão Organizadora do Madeira Pride vem também comunicar a disponibilidade em receber donativos e patrocínios para o evento. Qualquer pessoa ou entidade interessada deverá comunicar a organização através do geral.madeirapride@gmail.com ou das redes sociais do evento, que é, pela terceira vez, financiado com o apoio da Câmara Municipal do Funchal.
Realiza-se este ano a 19 de Outubro, na cidade do Funchal, com a 3.ª Marcha do Orgulho LGBTI+ da Madeira a percorrer as principais ruas da capital, terminando a manifestação no auditório do Jardim Muncipal do Funchal, onde há festa e animação até à noite, com o “Arraial Pride”.
A Comissão Organizadora desta renovada edição do Madeira Pride, acrescenta-se conta com elementos da sociedade civil e várias associações que trabalham os direitos humanos, nomeadamente a Associação Abraço – Delegação do Funchal, a Fundação Portuguesa “A Comunidade Contra a Sida” – Delegação Regional da Madeira, o Núcleo LGBTI Madeira da rede ex aequo, a OPUS Gay Madeira e a UMAR Madeira.