Albuquerque elogia padre Bernardino e promete centro de Alzheimer na Ribeira Brava

O presidente do Governo Regional da Madeira, Miguel Albuquerque, esteve hoje na Ribeira Brava para a inauguração da “ClínicaS” e para uma visita às obras de ampliação do lar de São Bento. O governante aproveitou o facto de estar numa inauguração de um empreendimento privado para “dizer o que pensa”, sem “correr o risco de levar uma multa”, ironizou, criticando o “políticamente correcto” de que “os titulares dos cargos políticos durante meses não podem ser o que pensam”.
Elogiou, na ocasião, o padre Bernardino pela “obra notável no âmbito do social” que tem realizado, em particular no que diz respeito ao lar da Ribeira Brava.
Por isso “é que temos aqui um lar de excelência”, referiu, para dar resposta a uma sociedade envelhecida. “A esperança média de vida aumentou muito na Madeira, e ainda bem que aumentou, porque nós tivemos sucesso no desenvolvimento da tecnologia, da medicina e da prevenção”, considerou.
Agora, “é necessário desenvolver os mecanismos sociais para tratar com carinho e qualidade” as pessoas.
Dirigindo-se ao padre Bernardino, garantiu que ainda este ano assinará contrato-programa para criar “o primeiro centro de Alzheimer da Madeira”, porque “a Ribeira Brava merece”.
Por outro lado, dirigindo-se aos investidores privados da ClínicaS, elogiou-os por não terem medo de fazer esta aposta.