Câmara do Funchal pede à população para não circular na baixa do Funchal por causa do incêndio

Foto LR

A Câmara Municipal do Funchal acaba de emitir um comunicado pedindo à população para evitar a circulação na baixa do Funchal, , em especial, na zona do Largo do Pelourinho, onde deflagra neste momento um incêndio no antigo edifício da Insular de Moinhos, de origem ainda por apurar.

“O Serviço Municipal de Protecção Civil e os Bombeiros Sapadores do Funchal estão no local a coordenar a operação, que também conta com os Bombeiros Voluntários Madeirenses, Bombeiros Municipais de Santa Cruz, Bombeiros Voluntários de Câmara de Lobos, a PSP e duas guarnições da GNR, com 24 viaturas no terreno e 63 bombeiros.  Estão destacados todos os meios possíveis para responder a esta situação, tendo a zona sido já evacuada e instalado um perímetro de segurança que abrange a Fernão de Ornelas, a zona do Mercado dos Lavradores e a Praça da Autonomia, com circulação interdita a pessoas e veículos”, refere a edilidade.

“Foram retiradas duas pessoas do edifício e não há feridos a registar até ao momento. Todo o dispositivo envolvido está a fazer os possíveis para que o fogo não alastre a nenhum edifício vizinho e para que se possa extinguir o incêndio o mais rapidamente possível. Pede-se à população para manter a calma e evitar circular na Baixa da cidade até informação em contrário”, conclui a nota.