Estepilha! Será que São Francisco de Borja e Santo Estanislau vão ter companhia?

São Francisco de Borja e Santo Estanislau, estátuas dos nichos superiores da fachada da Igreja do Colégio, devem estar a pensar qual o “santo” que veio ocupar, temporariamente, o nicho lateral.

Não! Aqueles santos jesuítas podem estar descansados! Tratam-se apenas de trabalhadores (coletes amarelos, salvo seja) que estão a recuperar o imóvel.

A providência divina e a ajuda dos santos dos nichos inferiores -Santo Inácio de Loiola e São Francisco Xavier- ajudam a proteger os trabalhos.

É tudo uma questão de fachada…da igreja de São João Evangelista.

Afinal estamos em presença de um dos mais belos monumentos do século XVII. A sua construção marca a transição do maneirismo internacional para o barroco português.

Há que manter o monumento! Bom trabalho!