Concerto de Natal Barroco amanhã na Casa da Luz

A Associação Orquestra Clássica da Madeira (AOCM) apresenta o concerto “Natal Barroco” que se realizará no Museu de Electricidade – Casa da Luz no próximo sábado, 22 de dezembro, pelas 11.00.

Para este concerto, que contará com a presença do Funchal Baroque Ensemble (FBE) e da flautista madeirense, Maria Clara Costa, a temática prende-se com a recreação daquela imagem sentimental e idílica típica do Natal evocada pelas obras musicais propostas. Giancarlo Mongelli, o diretor musical do grupo elucida que: “A figura principal deste programa musical é a flauta de bisel, instrumento que, desde a antiguidade, e especialmente no período barroco, esteve sempre associado, por excelência, aos temas pastorais. De facto, o pano de fundo tradicional das músicas natalícias, eram os andamentos musicais de “Pastorale”, ou seja, músicas tocadas pelos pastores que, na época do Natal, andavam pelas cidades da Europa católica em lembrança evocativa dos pastores de Belém, assim como representados nos quadros bucólicos da Natividade.” Deste modo, todas as músicas apresentadas neste concerto terão em algum andamento, ou parte, um momento “pastoral”.

O FBE (que desta vez se apresentará ao público com 10 elementos) visa, como tem, aliás, realizado até agora, apresentar um repertório que gira em volta de uma única temática e realizar uma performance historicamente informada das obras propostas. É ainda objetivo do ensemble dar a conhecer ao público obras que, recentemente, foram redescobertas e que são pouco conhecidas e aliar peças consagradas na história da interpretação e frequentemente presentes nas temporadas artístico-musicais dos palcos internacionais. Serão, por conseguinte, apresentadas as obras: Primeiro Ballet de Village op. 52 de J.B. Boismortier; Concerto da Camera em Sol menor de G. P. Telemann; Concerto Pastorale de J.Ch. Pez e, por fim, o Concerto Musical nº 8 de J.Ch. Schieferdecker.

Maria Clara Costa iniciou os seus estudos musicais no Gabinete Coordenador de Educação Artística aos 6 anos como aluna de violino. Aos 11 anos começou a aprender flauta de bisel e aos 15 ingressou no Conservatório – Escola das Artes da Madeira. É licenciada em Flauta de Bisel pela Escola Superior de Música de Lisboa, onde foi aluna de Pedro Couto Soares, concluindo um Mestrado em Ensino da Música na mesma instituição. Atualmente estuda com Daniel Bruggen e Reine-Marie Verhagen no Conservatório Real de Haia (Holanda). Como cantora é, presentemente, membro do ensemble vocal Cappella Stella Maris, grupo esse que se dedica à interpretação de repertório polifónico Franco-Flamengo. Integra o grupo português Il Dolcimelo desde 2012.

E é neste ambiente natalício, composto por músicos profissionais e por um ensemble que é único na interpretação da música barroca na RAM,  que a AOCM o convida a assistir ao seu último concerto de 2018.

Os bilhetes (10€ – público em Geral, 4 € – crianças e jovens dos 6 aos 14 anos) estarão à venda no local e no dia do concerto a partir das 10.00. Os alunos do CEPAM e da DSEAM terão entrada livre mediante apresentação do respetivo cartão e disponibilidade de sala.