Proposta da CDU sobre o direito da juventude à habitação aprovada na Assembleia Municipal

A CDU apresentou, e foi aprovada hoje, na Assembleia Municipal do Funchal, uma Resolução sobre o direito da juventude à habitação. A proposta da CDU pretende garantir a concretização do “Programa de Apoio aos Jovens no acesso ao Direito à Casa”.

A proposta aprovada por unanimidade implicará uma significativa mobilização de meios, de modo a ser possível uma outra política de habitação capaz de atender às necessidades específicas da Juventude, referem os comunistas. Estabelece um programa extraordinário de âmbito municipal, para a efectivação de novas soluções de arrendamento de habitação, especificamente destinadas a jovens e a preços sociais.

Na proposta, a CDU considera que o problema social da habitação ganha novos contornos, e afecta especialmente a juventude. Os jovens são grandemente penalizados pelo endividamento para a aquisição de casa própria, faz notar a CDU, endividamento esse que “hipoteca todo o seu futuro”. Isto para os que têm a possibilidade de recorrer ao crédito bancário. Para outros, por causa da precariedade laboral e dos baixos salários, nem isso é possível.