Madeirenses na Força Aérea deixaram testemunho da sua experiência em conferência na UMa

Com Rui Marote (fotos)

Uma conferência na reitoria da Universidade da Madeira (Colégio dos Jesuítas) congregou hoje altas individualidades militares e civis da Região e não só, em torno das temáticas castrenses. Na conferência, intitulada “Portugal e as Forças Armadas – Madeirenses na Força Aérea”, foram oradores dois madeirenses, o tenente João Calado e o major Duarte Freitas, ambos da FAP, além do comandante da TAP Ângelo Felgueiras, que também já pertenceu à Força Aérea Portuguesa.

Ângelo Felgueiras pronunciou uma alocução intitulada “Dos pólos aos sete picos mais altos”; João Calado abordou o tema “Madeirenses de sucesso” e a palestra de Duarte Freitas intitulou-se “Da Madeira para a Top Gun”.

Esta primeira conferência integra um ciclo que pretende cativar o público, particularmente os estudantes, dando a conhecer o papel das instituições militares e o percurso que trilharam diversos homens que as integram, procurando sensibilizar também os estudantes da instituição académica Universidade da Madeira para perseguirem persistentemente os seus objectivos.

Duarte Freitas pilota F16 e já leccionou, até, a pilotos norte-americanos.

Por seu turno, Ângelo Felgueiras é montanhista, além de piloto, e referiu-se a esta sua actividade, nos Himalaias e noutras montanhas de renome, bem como nos pólos, como metáfora para a persistência de buscar mais além (o que explica o título da sua palestra).

No evento esteve presente o almirante Silva Ribeiro, chefe de Estado Maior General das Forças Armadas, além do comandante operacional e da ZMM, general Carlos Perestrelo, do presidente da ALRAM, Tranquada Gomes ou do vice-presidente do Governo Regional, Pedro Calado, entre outros. O reitor da UMa, José Carmo, também marcou presença no acontecimento.