Salamanca: Da universidade ao futebol que lançou o “ciclone” Pauleta

Fotos Funchal Notícias.

Salamanca é história. A Universidade Pontifícia é das mais antigas da Europa. A Praça Maior é monumental.

Cidade Património da Humanidade, Salamanca é uma das grandes cidades espanholas mais próximas da fronteira portuguesa.

Aliás, pela fronteira de Vilar Formoso entram, todos os anos, milhares de emigrantes portugueses que regressam de férias a Portugal.

Foi também no Salamanca, clube de futebol, que se catapultou o “ciclone dos Açores”, Pauleta, para rumar ao Desportivo da Corunha e, depois, ao Bordéus e Paris Saint Germain onde fez história sem passar pela I Liga portuguesa.

Na  época 1997/98 marcou por 19 golos ao serviço do Salamanca, ajudando o clube a subir ao escalão maior do futebol espanhol.

Em Salamanca tudo é imponente, desde igrejas a casas senhoriais. Da Casa das Conchas às torres medievais e às livrarias, não fosse Salamanca uma cidade universitária.

Bares de “tapas” não faltam, desde o centro da cidade às margens do rio.

Cristóvão Colombo também passou por aqui, à semelhança de outras cidades espanholas. Procurou apoio dos Reis Católicos no Convento de San  Esteban.

A Art Decó e o museu dos Automóveis são outras atracções de Salamanca.

O Festival Internacional das Artes de Castela-Leão recorda-nos que o atual reino de Espanha formou-se a partir de outros reinos.