Governo Regional inicia amanhã campanha “Mais Verão… Sem Drogas”

O Governo Regional da Madeira, através do Instituto de Administração da Saúde, em parceria com várias entidades regionais apresenta, amanhã, dia 4 de Julho, no auditório do Instituto de Administração da Saúde, a Campanha “Mais Verão…Sem Drogas 2018”, com a presença do secretário regional da Saúde, Pedro Ramos.

Esta campanha, iniciada no ano passado, decorrerá entre Julho e Setembro e visa a prevenção e a dissuasão de comportamentos de risco relacionados com o consumo de substâncias psicoactivas, a redução da disponibilidade das substâncias psicoactivas ilícitas no mercado e a garantia de que a venda e consumo de substâncias deste tipo seja feita de forma segura e não indutora de uso/consumo nocivo.

A campanha destina-se à população em geral, com particular ênfase nos adolescentes e jovens adultos e as suas famílias, empresários e colaboradores de estabelecimentos de diversão e restauração, além de vendedores ambulantes e promotores de eventos de diversão, informa a Secretaria da Saúde.

Irá decorrer nos eventos recreativos, que acontecem nesta época do ano, nomeadamente arraiais, festivais e festas temáticas e será desenvolvida em articulação com a Autoridade Regional das Actividades Económicas, a ACIF, a PSP, a Polícia Marítima, a Alfândega do Funchal, a Polícia Judiciária, a Coordenação Regional das CPCJ’s e a Comissão para a Dissuasão da Toxicodependência.

“A aproximação do Verão e a procura de diversão com recurso a consumos excessivos requer um reforço da prevenção, da fiscalização e dissuasão dos comportamentos de risco relacionados com o consumo de álcool e também de outras substâncias psicoactivas ilegais, sobretudo em eventos recreativos (arraiais, festivais e festas temáticas), prevendo a redução da disponibilidade das substâncias no mercado e garantindo que a venda e consumo de substâncias legais seja feita de forma segura, evitando-se assim o consumo nocivo”, refere um comunicado.

Serão, assim, realizadas intervenções concertadas entre os vários parceiros, atendendo às realidades de cada concelho e convidadas as Câmaras Municipais, no sentido de integrarem as iniciativas previstas.

No ano passado, nos vários domínios de intervenção esta campanha abrangeu 10 597 pessoas em acções preventivas, 119 estabelecimentos aderentes, 357 intervenções da PSP e 2930 condutores testados.