Projecto “Dar a Ver” sexta-feira na Casa-Museu Frederico de Freitas

A Casa-Museu Frederico de Freitas vai acolher, no próximo dia 29, o projecto “Dar a Ver”. Depois das duas sessões realizadas no Museu da Quinta das Cruzes, a 15 e 16 de Junho – que, no total, abrangeram cerca de 60 participantes – é a vez deste projecto de divulgação museológica realizar-se nesta Casa-Museu, no dia supracitado, pelas 18.00 horas.

Esta será mais uma conferência desta iniciativa que visa divulgar o património artístico regional e promover a sua integração no panorama nacional e internacional, refere uma nota.

“A maior divulgação e projecção do vasto património cultural que têm vindo a ser possibilitadas através desta iniciativa é, já, uma “aposta ganha” do Governo Regional e é nesse enquadramento que, na sua III Edição, o Projecto “Dar a Ver” prossegue o seu objectivo de “valorizar a oferta cultural existente na Região, promovendo o seu acesso e partilha junto de toda a população, tanto residente quanto visitante”, sublinha a propósito a secretária regional do Turismo e Cultura, Paula Cabaço.

Sob o tema “Azulejo – Projeto Az Infinitum”, a conferência da próxima sexta-feira estará a cargo da académica Rosário Salema de Carvalho, que fará uma apresentação do Az Infinitum – Sistema de Referência e Indexação de Azulejo (http://redeazulejo.letras.ulisboa.pt/pesquisa-az), dando a conhecer não apenas as potencialidades do próprio sistema mas, também, alguma da azulejaria do Funchal já inserida na plataforma, chamando a atenção para a importância de registar o património azulejar nacional. Desenvolvida pela Rede de Investigação em Azulejo (ARTIS/FLUL), em parceria com o Museu Nacional do Azulejo e com a empresa Sistemas do Futuro, a plataforma Az Infinitum conta, ainda, com a participação de várias outras instituições, investigadores e colaboradores, refere nota da Secretaria do Turismo.

O Projecto “Dar a Ver”, materializado através da Direcção Regional da Cultura (Direcção de Serviços de Museus e Património Cultural), prevê que, ao longo deste ano, sejam convidados vários especialistas, locais e nacionais, que abordarão, de forma mais específica ou generalista, aspectos dessa imensa diversidade cultural conservada in situ, ou já transitada para os museus, sendo que o essencial da acção assenta em visitas guiadas e conferências a realizar em vários locais, refere a SRTC.

A participação nestas actividades é gratuita, embora sujeita a uma inscrição prévia, através do endereço de correio electrónico daraver.drc@gmail.com ou pelo telefone 291211830.