Bruno de Carvalho quer impugnar Assembleia Geral e vai a eleições

Bruno
Bruno de Carvalho condena as agressões de Alcochete, diz que os jogadores estão tristes mas querem ganhhar a Taça de Portugal.

Foi uma reviravolta inesperada. O destituído presidente do Sporting Bruno de Carvalho, cuja continuidade foi chumbada com 71,36% dos votos, diz que vai impugnar a Assembleia Geral e quer ir a eleições.

Esta nova situação, depois de ter afirmado que já não era do Sporting, que ia deixar de ser sócio e que não se revia nas elites que queriam tomar conta do clube e da SAD, Bruno de Carvalho vem dizer que vai “à luta”.

O líder destituído tomou esta posição depois de Sousa Sintra, antigo presidente do clube, ter sido designado para liderar a SAD até às eleições.