“Viver com saúde” promporciona rastreio visual e auditivo nos bairros sociais

Foto DR.

A Secretaria Regional da Inclusão e Assuntos Sociais, através da Investimentos Habitacionais da Madeira, (IHM) prossegue em junho as ações no âmbito do novo projeto na área da inclusão social denominado ‘Viver com Saúde’.

O projeto ‘Viver com Saúde’ tem por propósito estimular a adoção de comportamentos saudáveis, a promoção da saúde e prevenção da doença, junto dos agregados familiares residentes nos complexos habitacionais sob gestão da IHM.

Segundo uma nota de imprensa hoje divulgada, no corrente mês, a par do rastreio gratuito para a prevenção de doenças cardiovasculares, iniciado em maio, e que continuam a ser realizados, a IHM, em parceria com a Alberto Oculista, inicia rastreio visual e auditivo.

Em junho, as equipas que asseguram este rastreio estarão ao dispor das famílias residentes nos bairros sociais ou que frequentam Polos Comunitários da IHM, EPERAM, tendo começado, hoje, por Santa Luzia (7 de junho) seguindo-se os conjuntos habitacionais da Ribeira Grande (19 de junho), Comandante Camacho de Freitas (20 de junho), Nazaré (22 de junho), Hospital (26 de junho), Nogueira (27 de junho) e Torre (29 de junho).

Recorde-se que ambas as ações de rastreio – prevenção de doenças cardiovasculares e rastreio visual e auditivo – terminam só após percorrerem todos os complexos habitacionais contemplados no projeto, prolongando-se para além do mês em que se iniciam.

A par dos rastreios temáticos, realizam-se sessões de esclarecimento e aconselhamento às famílias.

Em julho estão previstas as ações de sensibilização para os cuidados de saúde oral, em coordenação com os serviços do SESARAM e meses seguintes os demais eixos subordinados à alimentação saudável e económica e à atividade física e bem-estar.

As ações a desenvolver no eixo da adoção de uma alimentação saudável, incide na aprendizagem de escolhas acertadas e com questões relativas à literacia financeira, tendo em vista a confeção de refeições económicas e o não comprometimento do orçamento familiar e ainda o treino de competências ao nível da organização doméstica e familiar.