Bas Dost titular no Sporting, máxima segurança para a final da Taça e Marcelo está presente

Taça A
Jamor com lotação esgotada para receber, às 17.15 horas, a final da Taça de Portugal entre Sporting e Aves.

O Sporting já tem onze definido para este jogo da tarde, havendo muita expetativa relativamente à utilização de alguns jogadores. Para já, Bas Dost, é titular. Vejamos o onze: Rui Patrício, Ritovski, Coates, Mathew, Fábio, Wiliam, Batalgia, Gelson, Acuna, Bruno Fernandes e Bas Dost. O onze do Aves é o seguinte:  Quim, Rodrigo Soares, Carlos Ponk, Diego Galo, Lenho, Vitor Gomes, Braga, Tissone, Amilton, Guedes e Nildo.

Neste momento, estamos a cerca de meia hora do início da final da Taça de Portugal, que começa pelas 17.15 no Estádio Nacional e será disputada entre o Sporting e o Desportivo das Aves. Uma final que fica marcada por surgir dias depois das agressões aos jogadores leoninos, em Alcochete, por parte de meia centena de pessoas, que irromperam pela Academia de rosto tapado.

Para já, há muita mobilização de adeptos e a polícia adotou uma estratégia de máxima segurança à volta e dentro do campo, por forma a evitar quaisquer incidentes. Há pouco, a PSP deu conta de pequenos confrontos entre adeptos, mas rapidamente sanado pela forças policiais, sendo que em termos de detenções, os números apontam para 8, essencialmente por posse de material pirotécnico e por especulação do preços dos bilhetes.

O presidente da República, que até ontem não avançava dados sobre a sua presença, vai mesmo estar no Jamor para entregar a Taça ao vencedor. Ao contrário do presidente do Sporting, que já tinha anunciado que não iria estar presente no Estádio Nacional, para não criar constrangimentos com orgãos de Soberania e com os jogadores. Quem também não vai estar é o demissionário presidente da Assembleia Geral, que não teve bilhete para a tribuna de honra do Jamor.

No que toca ao caso da Justiça, o Ministério Público pede prisão preventiva para os 23 arguidos no caso das agressões em Alcochete, alegando perigo de fuga e continuidade de atividade criminosa.