“O Funchal está bem e recomenda-se, aqui trabalha-se com visão e planeamento”, diz Cafôfo na Assembleia Municipal

Assembleia Municipal do Funchal2018-04-30 Andre Goncalves-4
Paulo Cafôfo afirma querer reabilitar a História e a Cultura do Funchal nos próximos anos”.

”O Funchal está bem e recomenda-se e tem investimentos em curso em quase todas as áreas e em quase toda a parte. Aqui trabalha-se com visão e com planeamento, para fazer a diferença na qualidade de vida das pessoas de hoje e de amanhã, e é por isso mesmo que estamos cada vez melhor preparados no presente, mas igualmente a preparar o Funchal para o futuro.” Foi assim, com este desassombro, que Paulo Cafôfo traçou um quadro do Funchal durante a sessão da Assembleia Municipal. Foi um “puxar galões” do presidente relativamente à gestão camarária sob o seu comando

O Presidente da Câmara defendeu que “o Funchal é uma cidade que se distingue cada vez mais pelo desenvolvimento integrado e pela sua crescente coesão territorial”, sublinhando que “o investimento público tem tido, não só um papel decisivo para alavancar a economia local, como sido fundamental para transformar a qualidade de vida e a segurança destas populações.”

Falou de intervenções em curso, diz que “são muitas”, destacando “a obra de saneamento básico no Curral Velho, a canalização do Ribeiro Choco e os alargamentos das Veredas da Freirinha, Serrado, Cova e Calhau”. Reforçou que “estes são casos os que, na verdade, a CMF vai recuperar imediatamente o investimento, tendo em conta os benefícios diretos para estas pessoas, que têm em comum o facto de terem sido durante tantos anos esquecidas pelos sucessivos Executivos Municipais.”

O Presidente da autarquia acrescentou que o Executivo “está de igual modo comprometido com a revitalização do centro histórico, perspetivando-a como um exemplo catalisador para a importância de continuar a reabilitar a História e a Cultura do Funchal nos próximos anos”, e deu como exemplos recentes as intervenções já anunciadas para a Rua Dr. Fernão de Ornelas e para a Praça do Município, bem como a remodelação aprovada do Museu de História Natural”.