Abaixo-assinado pela segurança do Largo da Fonte a quatro meses do arraial

monte largo
O movimento Somos Todos Monte quer garantias que há segurança no Largo da Fonte.

A Lista Independente Somos Todos Monte anunciou, em comunicado, que irá organizar um abaixo-assinado para “pressionar a Câmara Municipal do Funchal a proceder a um estudo sobre as condições de saúde e segurança de todas as árvores do Parque Leite Monteiro, onde também se insere o Largo da Fonte”.

Aquele grupo de cidadãos eleitores argumenta, para sustentar esta decisão, que “os residentes da freguesia ainda sentem muita insegurança em relação ao espaço depois do trágico dia 15 de Agosto do ano passado e querem garantias das condições de segurança que todas aquelas árvores conferem ao espaço público referido”.

O “Somos Todos Monte” considera crucial que “este estudo seja feito e que os seus resultados sejam publicitados com o objectivo de dar essas garantias de segurança à população e também aos muitos estrangeiros que todos os dias circulam naquela área”.

Numa altura em que estamos a cerca de quatro meses da Festa do Monte, um arraial que foi marcado, em 2017, pelo trágico acontecimento da queda de uma árvore que provocou 13 mortos e 52 feridos, esta lista considera “inaceitável que passado todo este tempo ainda subsistam dúvidas legitimas na população sobre a segurança deste espaço que é um verdadeiro ex libris do Monte, do Funchal e da Madeira e uma importante referência, enquanto espaço verde de referência no concelho do Funchal, para a Madeira enquanto destino turístico”.

No texto do abaixo assinado à Câmara, refere-se que “no caso de ser identificado, nesse estudo, alguma árvore que constitua risco para a segurança do espaço, que se proceda ao seu imediato abate e subsequente substituição por uma nova árvore”.