Rui Barreto considera “desastroso” aplicar taxa turística no Funchal

Rui Barreto TAP
Rui Barreto diz que o CDS/PP vai votar contra a aplicação da taxa turística no Funchal.

Rui Barreto diz que Paulo Cafôfo fazia um favor à Região se intercedesse junto do primeiro-ministro no sentido de obrigar a ANAC a alterar os limites mandatários dos ventos que condicional a operacionalidade do Aeroporto Internacional da Madeira “Cristiano Ronaldo”. O vereador do CDS-PP lançou o desafio ao presidente da Câmara do Funchal no final da reunião desta quinta-feira da vereação e na véspera de o autarca se encontrar em Lisboa com António Costa.

Rui Barreto considera “desastroso” e “inapropriado” lançar uma taxa turística no Funchal quando o aeroporto é fortemente condicionado por questões atmosféricas e pelos limites dos ventos, sendo o único aeroporto em toda a Europa com essa limitação, aumentando os custos das operações para as companhias e levando-as a diminuir o número de voos para a Madeira, com todos os prejuízos que isso acarreta para a economia e o turismo. “Juntar a estes problemas outro problema, que é a introdução de uma taxa turística, é prejudicial para a Região. Se o presidente da Câmara quer ajudar a Madeira, que peça ao primeiro-ministro para interceder junto da ANAC para que torne os limites recomendáveis e não obrigatórios”.