Deputados social-democrata sublinham papel do Centro de Maricultura da Calheta

Os deputados do PSD-Madeira visitaram hoje o Centro de Maricultura da Calheta, no âmbito das Jornadas que estão a desenvolver sobre o tema “Mar – domínio do conhecimento e investigação”.

De acordo com declarações prestadas pela deputada Josefina Carreira, após a visita ontem realizada ao Observatório Oceânico da Madeira, os parlamentares entenderam por bem realizar uma visita ao Centro de Maricultura da Calheta, precisamente uma das entidades parceiras desse Observatório.

Instalado em 2000 na Calheta, o Centro de Maricultura “resulta de um trabalho já realizado nos anos 90, de investigação sobre a viabilidade da aquacultura na Madeira.

“Este centro, alicerçado na ciência e na tecnologia, tem realmente um papel fundamental na nossa Região, em várias vertentes, desde logo na vertente económica, porque se criaram estudos de base que permitiram o investimento privado nesta área e o acompanhamento desse mesmo investimento”, referiu Josefina Carreira, considerando que o centro tem também um papel importante na área ambiental, na medida em que lhe compete também “acompanhar a sustentabilidade e a diversificação desta produção e o seu impacto”.

Por outro lado, o centro tem também uma função educativa, disse a porta-voz, “contribuindo para o desenvolvimento duma cultura marítima junto das novas gerações, para perceber realmente o potencial deste nosso mar”.

Josefina Carreira apontou o centro como “um exemplo profícuo da colaboração entre ciência e indústria”.

“Mais ciência significa mais inovação, crescimento económico e emprego qualificado”, declarou.

O grupo parlamentar do PSD visita, amanhã, dia 5 de Abril, o Laboratório MARE, instalado na Quinta do Lorde, no âmbito das jornadas dedicadas ao  “Mar – domínio do conhecimento e da investigação”. Pelas 11h15, serão prestadas declarações à comunicação social.