Governo investe na reflorestação para implementar linha corta-fogo

Foto Governo Regional.

O Governo Regional, através da Secretaria Regional do Ambiente, está a proceder à limpeza dos resíduos dos incêndios e reflorestação de uma área com 600 mil metros quadrados, no Pico do Prado e Pico do Curral com recurso a plantas e árvores endémicas.

Trata-se, na prática, como referiu hoje o Presidente do Governo da Região Autónoma da Madeira, de uma linha corta-fogo, que visa evitar a progressão das chamas para o Sítio da Barreira, em Santo António. Procedimento similar decorre no Caminho dos Pretos.

“Portanto, tem uma dupla função”, enunciou Miguel Albuquerque, por ocasião da visita à área em processo de reflorestação.
“Reflorestação para garantir os recursos hídricos e a sustentabilidade do solo e, simultaneamente, evitar a passagem do fogo aqui, neste  cabeço. Insere-se na política do Governo de prevenção e tratamento adequado das nossas serras, tendo em vista evitar, quer as consequências das aluviões, quer a passagem de fogo. Ao todo serão plantadas 70 mil árvores naqueles 600 mil metros quadrados, representando um investimento de 242 mil euros acrescido de IVA.

O líder do executivo anunciou ainda novos cortes de eucaliptos e acácias em zonas de passagem de fogo, anteriormente intervencionadas, casos das zonas altas do Monte, Santo António, São Roque e no Palheiro Ferreiro.

Os trabalhos de prevenção decorrem desde outubro.