Défice da Região?: PSD-M diz que “A verdade é como o azeite”

O Instituto Nacional de Estatística (INE) revelou hoje que a Madeira registou um excedente orçamental de 85,2 milhões de euros, em 2017.

Em comunicado, o secretário-geral do PSD-Madeira, Rui Abreu revela que “este dado vem desmascarar, por completo, a estratégia assumida pelo PS e pelo Governo da República de prejudicar a Madeira e os madeirenses”.

Para os social-democratas, “ao afirmar, no parlamento nacional, que a Madeira iria prejudicar o défice nacional e que o país nada deve à Madeira, António Costa foi irresponsável e utilizou o cargo de Primeiro-Ministro para os interesses do seu partido”.

Segundo o PSD, “como se comprova agora, a Madeira não só não prejudicou o défice nacional como contribuiu positivamente para o mesmo, ao contrário dos Açores e do continente. Ou seja, nesta, como noutras matérias, não é a Madeira que deve ao país, mas o país que deve à Madeira”.

“Pode bem o PS nacional, com a cumplicidade dos seus dirigentes locais, tentar atirar areia para os olhos dos madeirenses, mas os números não mentem e neste caso desmascararam quem anda a mentir levianamente aos madeirenses e a todo o país”, remata.