Mostra de espantalhos nos Prazeres a 11 de março

N​o próximo dia 11 de março, pelas 11 horas, acontecerá na Quinta Pedagógica dos Prazeres a abertura da Mostra de Espantalhos, um dos três eventos integrado na VI Mostra de Espantalhos e Cata-ventos.

Segundo uma nota de imprensa da delegação escolar da Calheta, os outros dois consistem numa Mostra de Cata-ventos, com inauguração no próximo dia 22 de março, e num projeto de Artes Plásticas a inaugurar no mês de abril.

A Mostra de Espantalhos é organizada pela Delegação Escolar da Calheta e CEDECS (Associação Centro de Estudos de Desenvolvimento, Cultura, Educação e Social) com o apoio da Câmara Municipal da Calheta e da Quinta Pedagógica dos Prazeres.

Na presente edição foram inscritos 20 espantalhos construídos por entidades particulares e coletivas, nomeadamente 4 por pessoas particulares, 4 por Centros Sociais do concelho da Calheta (Cales e Chada, Pinheiro, Florenças e Arco da Calheta); 7 por escolas (EB1/PE/Creche do Lombo do Guiné, EB23 ciclos da Torre – 3 espantalhos, EB1,2,3 Prof. Francisco Santana Barreto – 2 espantalhos, Esc. Centros Educativos da Apresentação de Maria–Prazeres); 4 pelo comércio local dos Prazeres (restaurantes, supermercados, cabeleireiros) e 1 pelo grupo da catequese da paróquia da Raposeira.

Alguns dos objetivos da organição do evento consistem em unir gerações e tradições com a sabedoria popular; promover o desenvolvimento de projetos multidisciplinares para a conceção e construção de um espantalho; sensibilizar a comunidade escolar e local para a tradição da execução de espantalhos e a sua importância noutros tempos; sensibilizar para a importância da produção agrícola; recuperar e dinamizar uma tradição que tem perdido expressão na Madeira; estimular o sentido estético, a criatividade no domínio das várias formas de expressão plástica; exprimir e encorajar a capacidade de improvisação e utilização de materiais de desperdício e criar uma atração turística no concelho da Calheta.

Os espantalhos estarão a concurso na página do facebook da Delegação Escolar da Calheta até o dia 26 de março, ganhando os que tiverem maior número de “gostos”.

Existem prémios para os 3 mais votados de duas categorias: a das escolas e a das pessoas particulares e instituições público ou privadas.

Os espantalhos podem ser apreciados pelos campos, caminhos da freguesia dos Prazeres e na Quinta Pedagógica.

Existe uma grande diversidade de espantalhos, 13 espantalhos e 7 “espantalhas”, a maioria construída com materiais tradicionais, ou seja com roupas enchidas de palha, pinturas e adereços como lãs, palha de bananeira, remendos, botões, chapéus, luvas e calçado.

Outros recorrem a materiais de desperdício como fitas de cassete de vídeo, tampas de garrafas, plásticos, esferovite, garrafas de plástico, óculos, brincos, bolsas, guarda-chuvas, cápsulas de café, coletes refletores e retrovisores de automóveis.