Noite de ventos fortes e chuva intensa no Aeroporto leva ao regresso a Lisboa de dois voos da TAP e da easyjet, duas partidas canceladas

easyjet-1
Durante o final da noite desta quinta-feira, um voo da easyjet regressou a Lisboa e um outro, que deveria partir do Funchal para a capital portuguesa, foi cancelado.

Dois voos, um da easyjet e outro da TAP, que deveriam aterrar no Aeroporto Internacional da Madeira Cristiano Ronaldo, depois das 20 horas, foram apanhados pelo agravamento do mau tempo, com ventos fortes e chuva intensa durante cerca de duas horas, não dando tréguas que permitissem a aterragem, pelo que, depois de várias tentativas e de algum tempo às voltas, regressaram a Lisboa. Em consequência, os voos das duas companhias com destino a Lisboa, marcados para as 20.40 e 21.15, foram cancelados.

Estas alterações provocaram natural descontentamento entre os passageiros, uma vez que, para além do transtorno normal nestas circunstâncias, o cancelamento fez com que, relativamente à easyjet, não fosse possível a remarcação antes de domingo. Os voos daquela companhia, para esta sexta-feira e sábado, estão esgotados em função dos cancelamentos verificados nestes últimos dias em que o mau tempo tem fustigado também a zona do aeroporto, deixando passageiros em terra, com as consequências daí resultantes.

Os relatos que chegaram ao Funchal Notícias assentam nas dificuldades sentidas sempre que uma situação destas ocorre com a companhia low cost, uma vez que raramente é utilizada a figura da reprogramação, que implica a proteção num voo adicional, logo com mais custos. O cancelamento fica, por isso, como a solução mais conveniente para a companhia, sendo que, nestas circunstâncias, o passageiro remarca sem custos ou pede o reembolso. Só que, no caso da remarcação, apenas havia lugar, mais ou menos garantido, para segunda e terça-feira.

Uma das queixas dos passageiros prendeu-se, por outro lado, com a forma como foram encaminhados para a zona do check-in, para poderem remarcar as viagens, uma vez que o trajeto foi feito parcialmente pelo exterior do aeroporto, com o tempo adverso, sendo que as razões avançadas foram que a situação se deve a normas do Aeroporto.