João Paulo Santos foi eleito presidente da Associação das Bandas Filarmónicas

 

João Paulo Ferreira dos Santos foi eleito no passado dia 26 de Janeiro de 2018 presidente da Associação de Bandas Filarmónicas da Região Autónoma da Madeira, ABFRAM. A direcção é ainda constituída por Cláudio Vieira, José Manuel Teixeira, Adelino Rodrigues e Francisco Ferreira. Foram ainda reconduzidos, na presidência da Assembleia Geral, José Carlos Abreu, e João José Freitas no Conselho Fiscal.

Na sua tomada de posse, João Paulo Santos agradeceu a confiança que as bandas filarmónicas filiadas na ABFRAM depositaram nele e na sua equipa. “Sinto que a esta equipa acresce a grande responsabilidade de representar e defender instituições que desde o século passado tiveram e continuam a ter um papel importantíssimo na defesa das tradições, costumes, formação cívica, formação cultural/musical em todo o país, mas com especial destaque nas actuais Regiões Autónomas”, declarou.

Na ocasião, notou o facto de existirem bandas filarmónicas que ainda não estão filiadas na Associação. Isto, considerou, não quer dizer que não reconheçam ou que não se revejam neste movimento associativo. “Dentro da identidade e especificidade de cada associação, faremos todos os possíveis para encontrar pontos convergentes que permitam chegar ao final do mandato com a filiação de todas a bandas filarmónicas da Região Autónoma da Madeira”, prometeu.

Salientou a propósito que a presença das bandas filarmónicas é tão constante nos actos culturais, festas particulares, arraiais, cerimónias públicas, etc., que não nos apercebemos da utilidade que estas instituições têm no panorama cultural, na identidade social, na ocupação de tempos livres e na formação dos indivíduos com aptidão para a música.

Lembrou, a propósito, que o Estado Português rcriou apoios fiscais específicos para as bandas, reconhecendo o seu papel, tendo também recentemente institucionalizado o dia 1 de Setembro como o Dia Nacional das Bandas Filarmónicas. A ABRAM, pelo seu lado, propõe-se representar as suas associadas junto do poder local e regional.

No Plano de Actividades para 2018, está prevista a colaboração com as entidades públicas e privadas. “Realço a excelente relação com Secretaria Regional da Cultura, com quem nos últimos anos colaborámos na organização do Festival de Bandas na Ribeira Brava”, disse, prometendo continuar com seminários para instrumentistas e maestros.

“Temos também a intenção de promover ações de informação para dirigentes associativos em parceria com outras instituições”,concluiu.

João Paulo Ferreira dos Santos tem 51 anos e é sargento do Exército, fundador da Banda Orquestral “Os Infantes” e actualmente um dos conselheiros da Confederação Portuguesa das Colectividades de Cultura Recreio e Desporto.