Trabalhos de alunos da Madeira integram Concursos Internacionais de Expressão Plástica

A Direcção Regional de Educação, através da Direcção de Serviços de Educação Artística e Multimédia tem mediado o processo de divulgação, recolha e envio de trabalhos de alunos de escolas da Região para concursos internacionais de Expressão Plástica, difundindo assim o bom trabalho feito ao nível das artes plásticas, refere um comunicado emanado da Direcção de Serviços de Educação Artística e Multimédia. Nesta linha de acção, já se registou a divulgação dos concursos da Eslovénia, Polónia e Bielorrússia.

Estes eventos recebem milhares de trabalhos oriundos das mais diversas partes do mundo e, ainda assim, muitos alunos das nossas escolas já foram galardoados com a atribuição de prémios e distinções, salienta a DSEAM.

Neste ano lectivo, pela primeira vez, os concursos em vigor acontecem em dois países distintos simultaneamente, nomeadamente na Bulgária e na Letónia. Como curiosidade, até à Bulgária os trabalhos percorrerão aproximadamente 3900km, enquanto que para a Letónia a viagem será de 4100km. Ambos têm como público-alvo “artistas” com idades compreendidas entre os 4 e os 25 anos.

A associação Nova Zagora (em parceria com o Duga Art Studio) promove anualmente uma exposição de arte juvenil na cidade com o mesmo nome, na Bulgária, considerada um centro de arte, onde artistas de diferentes países apresentam as suas obras. Não existe um tema específico a explorar, ficando ao critério de cada professor a abordagem temática com os seus alunos, privilegiando-se a criatividade e originalidade característica das crianças e jovens.

Na Letónia, país denominado como “a terra que faz fronteira com o mar” devido à sua longa linha costeira, o concurso é uma iniciativa da Escola de Artes de Jurmala. O tema da competição é diferente todos os anos, mas está sempre ligado ao “mar”. O tema do concurso deste ano é “Eu vivo junto ao mar – a ponte”. Uma ponte que pode ser sobre um rio, uma ponte acima de uma ravina ou uma ponte entre dois mares, uma ponte que também pode unir o tempo, as gerações, as pessoas, o passado e o futuro… Uma ponte como conexão que dá a oportunidade de encontrar e unir diferentes mundos.

“Este ano, atingimos um número recorde de participações, com um total de 593 trabalhos recebidos, provenientes de 40 estabelecimentos de ensino da RAM. As participações nestes concursos têm crescido anualmente reflectindo o trabalho realizado ao longo dos anos na valorização das artes plásticas na escola, na motivação de professores e alunos e no reforço da importância desta área na educação artística dos alunos e, consequentemente, na formação integral de cidadãos críticos e responsáveis”, esclarece a DSEAM.

Em Março de 2018, serão divulgados os trabalhos premiados destes concursos. Na Letónia a exposição dos trabalhos seleccionados decorrerá no mês anteriormente referido. Relativamente à competição da Bulgária, a exposição com os trabalhos vencedores será realizada em Nova Zagora, com inauguração prevista para 1 de Junho de 2018, na Rusi Karabiberov Art Gallery.