Câmara instala novos bebedouros na baixa e no Lido também preparados para animais domésticos

bebedouros B
Novos bebedouros também estão preparados para animais domésticos.

A Câmara Municipal do Funchal está a instalar mais de uma dezena de novos bebedouros em diversas zonas da cidade, nomeadamente na Avenida do Mar, Avenida Arriaga, Lido, Estrada Monumental e Ajuda. Com uma novidade: estão preparados para animais domésticos.

Segundo uma informação veiculada pela autarquia, os equipamentos anteriormente existentes “já estavam obsoletos”, havendo por isso necessidade de apostar “em novos pontos de acesso gratuito a água potável, que promovem a saúde e o bem-estar entre todos aqueles que passeiam no Funchal, numa cidade turística e desportiva por excelência”, explica o vice-Presidente Miguel Gouveia, que tem o pelouro das Águas. “Este novo mobiliário urbano vem, não só beneficiar os espaços de convívio e lazer do Município, como apresentar uma solução moderna e sustentável para esta necessidade básica do espaço público, controlando e capitalizando os nossos gastos de água”, reforça.

Uma das grandes novidades dos novos bebedouros é o facto de estes estarem adaptados para a utilização por animais domésticos, “através de um novo mecanismo na sua base, instalado pela primeira vez na cidade, e que propicia esta  solução para quem passeia os seus animais domésticos, uma necessidade que já nos tinha sido bastante referenciada pela população, tendo estado na origem, inclusive, de uma das propostas finalistas do Orçamento Participativo do Funchal”, refere o autarca. Essa não foi uma das ideias vencedoras, mas “este Executivo assumiu, na altura, que as boas propostas não sei iriam perder e que procuraríamos realizar todas aquelas que, não tendo ganho, estivessem ao nosso alcance e representassem a vontade da população e uma mais-valia evidente para o nosso meio urbano, o que é o caso.”

O Funchal passa, assim, a contar com estes novos equipamentos de dupla valência, estando em estudo a sua possível disseminação por outros pontos da cidade. “A Baixa do Funchal e a zona do Lido têm-se assumido, cada vez mais, como pontos de eleição para a concretização de atividades lúdicas e de lazer, com um papel cada vez mais presente na vida quotidiana, quer dos funchalenses, como daqueles que nos visitam, destacando-se a afluência particular para a prática desportiva e para o passeio de animais domésticos, como podem comprovar todos os que ali se deslocam”, diz Miguel Silva Gouveia.