Concerto no dia 15 junta prazeres da música aos do vinho da Madeira

A iniciativa Sons da Adega, que resulta de uma parceria entre a Direcção de Serviços de Educação Artística e Multimédia (DSEAM) e o Instituto do Vinho, do Bordado e do Artesanato da Madeira (IVBAM), promove, desde 2012, ciclos de concertos onde o público é convidado a entrar no universo do Vinho Madeira, através da degustação, para posteriormente ser envolvido num ambiente musical intimista, protagonizado por um dos grupos desta direcção de serviços.

No próximo dia 15 de Dezembro, pelas 21h00, após apreciar e descodificar as sensações dos vinhos apresentados para esta sessão, o público poderá assistir ao concerto protagonizado pela Orquestra de Bandolins da DSEAM, que se apresenta com um reportório que privilegia a música contemporânea. Foram seleccionadas obras compostas especificamente para o bandolim e para o seu agrupamento característico, que procuram evidenciar a diversidade e o potencial da arte bandolinística, refere uma nota de imprensa.

Esta orquestra apresentará, pela primeira vez neste espaço, Sincerely, de Valdo Preema, e The song of My Twinkle Star, de Yasuo Kuwahara – compositor que continua a ser uma referência na classe bandolinística da música europeia, pela musicalidade e técnica apresentada nas suas obras. “Destacamos ainda Music for Play, de Claudio Mandonico, que contará com a sonoridade talentosa do acordeonista Bruno Cafôfo”, refere a DSEAM.

A Orquestra de Bandolins da DSEAM foi criada em 1989 e é composta por 18 jovens músicos. Os instrumentos que integram esta orquestra são bandolins, bandolas, violas e contrabaixos. O seu repertório inclui músicas dos géneros clássicos, ligeiro e contemporâneo. Tem a sua base educativa na actividade de bandolim da DSEAM, que é frequentada por cerca de 45 crianças e jovens, e o seu principal objectivo é incentivá-los para a prática deste instrumento, aumentando os seus conhecimentos teóricos e práticos da música, de repertório e géneros musicais.