Banco da Francisco Franco levou Afetos ao Centro da Mãe

Foto DR

O Banco de Afetos da Escola Secundária de Francisco Franco deslocou-se a semana passada ao Centro de Mãe a fim de entregar os bens que recolheu junto da comunidade educativa, no âmbito da campanha que decorreu durante praticamente todo o mês de novembro e princípio de dezembro.

Segundo uma nota de imprensa hoje divulgada, a comitiva da Escola Francisco Franco era composta por alunos, professores e funcionários.

Cristina Henriques, aluna da escola, deixou o seguinte testemunho:
“A entrega dos bens ao Centro da Mãe foi algo enriquecedor. Fomos recebidos com a maior das ternuras pela equipa da associação que, para além de um profundo agradecimento, nos deixou um alerta genuíno e atento sobre a gravidez na adolescência e todos os riscos que isso acarreta a nível físico, emocional e social, numa jovem mãe solteira adolescente.

A vivência também nos transmitiu uma mensagem de conforto e esperança por sabermos que existem recursos que apoiam e acompanham jovens mães e suas crianças.

Mais do que uma associação, o Centro da Mãe é um espaço acolhedor, de afetos, colo e ternura, o exemplo do que uma mãe deve ser, um porto seguro e uma casa de abrigo, a esperança para muitas mães que se vêem sozinhas e desesperadas.

Conta com uma equipa de voluntários que se entregam de corpo e alma à causa e que acreditam até as últimas instâncias neste projeto de Amor. Centra-se em apoiar mães e crianças, facultando-lhe todas as ferramentas para a construção de uma boa relação familiar.

Foram contadas, de forma ternurenta, várias histórias de pessoas que por lá passaram e passam, algumas chocantes que fazem pensar muito no que ainda há por fazer pelo nosso semelhante, outras com finais felizes que fizeram com que a equipa do Banco dos Afetos regressasse de coração cheio por perceber que há quem cuide genuinamente do outro com um profundo sentido de Humanidade pelo semelhante.”