Estatuto político-administrativo da RAM: PPM prefere dois mandatos para o presidente do Governo Regional

O PPM abordou hoje a proposta de revisão do estatuto politico-administrativo da região, manifestando a sua concordância com a limitação de três mandatos para o presidente do Governo Regional, mas salientando: “Que sejam obrigados a cumprir durante os 12 anos, caso seja eleito para os mandatos em questão, apenas podendo ser interrompido por questões de doença ou morte”. Ainda assim, o partido dá preferência a outra solução. O dirigente João Noronha refere que seria mais conveniente dois mandatos, em vez de três, tal como acontece para a presidência da República, com a diferença de apenas de quatro anos de mandato ao contrário dos cinco anos presidenciais. Para, além disso, o PPM continua a defender a redução do número de deputados regionais, julgando 47 “demasiados para o número populacional da região.”