CMF assinalou o Dia Internacional das Cidades Educadoras

A CMF assinalou hoje o Dia Internacional das Cidades Educadoras, na qualidade de membro de uma rede internacional que engloba “quase 500 cidades em todo o mundo”, destacou o edil funchalense.

O programa de actividades principiou logo pela manhã, com um encontro entre agentes educativos locais na Praça do Município, momento em que o presidente reafirmou “o orgulho que temos em que toda a nossa acção governativa seja orientada para a educação”.

“Uma cidade educadora é uma cidade feliz, em que as crianças, desde muito jovens, até aos adultos e aos mais velhos, têm oportunidades reais de partilhar vivências e conhecimentos, e de continuar a aprender ao longo da vida. É nisso que temos apostado convictamente desde 2014, data em que aderimos à Associação Internacional das Cidades Educadoras”, afirmou.

Paulo Cafôfo reforçou que “investir na educação é investir nas pessoas” e que “a educação não está só na escola, pelo contrário, deve existir em todos os momentos da nossa vida, fomentando-se abordagens informais e não-formais, que  contribuam para o aumento da nossa qualidade de vida, nos mais diversos aspectos.” O Departamento de Educação e Qualidade de Vida da Autarquia (DEQV) dinamiza, ao longo do dia, actividades com os diferentes parceiros, desde escolas primárias e secundárias do concelho, centros comunitários, ginásios municipais, Universidade Sénior, associações e clubes que colaboram com a edilidade neste domínio.