Situação melhorou no Aeroporto da Madeira a meio da tarde e a operação decorre normalmente

TAP
O Aeroporto da Madeira regista hoje vários voos cancelados pela TAP.

 

A situação no Aeroporto Internacional da Madeira Cristiano Ronaldo melhorou, os ventos reduziram de intensidade, de acordo com uma informação que o FN apurou junto dos serviços de informação do Aeroporto. Esta tarde, a operação está a decorrer normalmente, tanto de chegadas como de partidas, registando-se no entanto os constrangimentos resultantes dos vários voos cancelados pela TAP, durante a manhã, sendo que o voo das 15 horas, para Lisboa, da transportadora aérea nacional, está remarcado para as 21 horas, o mesmo acontecendo com o voo da Binter, que deveria sair pelas 12.20 horas e cuja partida está marcada para as 19.30 horas.

Recorde-se que, durante a manhã, foram vários os cancelamentos de voos da TAP, bem como condicionalismos fortes noutros e desvios de aviões para Canárias, deixando passageiros em terra. A melhoria da situação veio aliviar um pouco a pressão que nestas circunstâncias ocorre no Aeroporto, mas estão a ser feitas avaliações permanentes tendo em vistas as soluções de acordo com as condições meteorológicas, cujos condicionamentos, apontam as previsões, podem durar até amanhã ao final da manhã.

Entretanto, no seu site, a transportadora aérea nacional dá uma informações aos seus passageiros, o que já vem sendo habitual sempre que há constrangimentos na Madeira, dando conta da previsão de anomalias na operação, nos dias 9 e 10 de novembro, bem como aconselhando a remarcação dos voos sem custos adicionais até uma semana depois da data marcada, sendo que os passageiros que decidirem não viajar agora, dispõem de um voucher no valor da viagem para utilização posterior.

A TAP refere que “como consequência das condições meteorológicas adversas na Ilha da Madeira previstas para os próximos dias, nomeadamente a ocorrência de ventos muito fortes, que podem colocar em causa a segurança dos voos, a TAP informa que a sua operação regular de e para o Funchal poderá ser afetada.

Todos os Passageiros com viagens marcadas para o período em que estas condições se mantenham, poderão alterar os seus voos, na mesma rota e dentro da mesma classe de reserva, sem qualquer custo adicional, com nova data até uma semana após as datas afetadas.

Em caso de cancelamento, caso os Passageiros não pretendam remarcar a viagem, a TAP poderá também emitir um voucher para utilização posterior em voos ou serviços da Companhia.

Embora totalmente alheia a este condicionamento meteorológico, e tendo sempre a segurança dos seus Clientes como prioridade máxima, a TAP lamenta desde já todos os constrangimentos que poderão ser causados por esta situação”.