Alexandre Nunes regressa à sua ilha para apresentar livro “Subjectivar” a 16 de novembro

Segundo uma nota de imprensa hoje divulgada, a Chiado Editora e o Autor Alexandre Nunes lançam no próximo dia 16 de Novembro às 18:30, a obra “Subjectivar”, na Biblioteca Municipal do Funchal.

Alexandre Nunes nasceu na ilha da Madeira em 1982 e foi criado entre o Funchal e Santana, duas cidades em si distintas entre gentes e paisagens.

Saiu da sua zona de conforto quando seguiu viagem para Lisboa, para ali começar os seus estudos. Contudo viria a mudar-se para Coimbra, onde se formou em Turismo, Lazer e Património.

Adora explorar o mundo à procura de novas emoções, e quando consegue capturá-las, transforma-as em poesia.

Foi entre a Madeira e Coimbra que a sua paixão pela escrita deu frutos, lançando-se então na aventura da escrita em 2013 com o seu primeiro livro “Reversos”.

Volvidos 4 anos decidiu embarcar numa nova aventura literária com o livro “Subjectivar”.

“Um dia como todos os outros” é um bom dia para escrever poesia. E eis que nasce “Subjectivar” de Alexandre Nunes.

Num discurso intimista, leve e simultaneamente profundo, “Subjectivar” convida a uma viagem que versa sobre o tempo, sentimentos, memórias e momentos da vida.

Poemas como “palavras escritas” “amar é…” e “amor ausente” apelam à temática geral do livro, a do amor. No fundo, o amor, esse que tudo move, e que sob todas as suas formas, faz correr tanta tinta é transversal a todo o livro.

“Amor, particularmente, agarra-nos, numa expedição de sentidos, a tudo o que é visceral e humano. A originalidade dos poemas fazem sentir na pele o arrepio poderoso das palavras e levam à reflexão sobre tópicos como o mar, a dor, a vanidade e inexorabilidade do tempo, a fugacidade da vida, entre outros. O livro percorre diversos temas de onde se destacam o oceano, a dor, a vida, a herança, o amor, o tempo e promete uma leitura clara e fluída, pejada de emoções etéreas que vale a pena sentir.