Deputada do PSD-M diz que PS e António Costa não se entendem quanto ao novo Hospital da Madeira

Sara Madruga A
Sara Madruga diz que PS e António Costa não se entendem quanto ao novo Hospital, reafirmando que não há um cêntimo inscrito no OE para 2018 destinado à obra.

Uma deputada açoriana, Lara Martinho, deu conhecimento, em comunicado do Partido Socialista, que o primeiro ministro António Costa, no âmbito da discussão, na generalidade, do Orçamento de Estado, tinha garantido que o apoio ao novo Hospital da Madeira iria estar iscrito em sede do OE, esclarecendo assim o impasse que tem vindo a ocorrer relativamente à falta de concretização do compromisso assumido pela República relativamente a um projeto considerado de interesse nacional.

Hoje, a deputada social democrata madeirense Sara Madruga, também em comunicado, vem afirmar que “António Costa limitou-se a dizer que foi constituído um grupo de trabalho para avaliar do interesse da construção do Hospital, não se tendo comprometido com o Novo Hospital da Madeira, nem com a inscrição de qualquer verba para o efeito”.

A deputada do PSD na Assembleia da República refere ser evidente que o PS e o primeiro ministro não se entendem quanto ao novo Hospital da Madeira, um diz uma coisa e outro diz o contrário, prejudicando com a indefinição e o diz que disse, o interesse dos madeirenses e portosantenses”,

“É mais um triste capítulo do folhetim do novo hospital, já que o PS chegou a afixar cartazes nas ruas da Região, garantindo aos madeirenses e portosantenses que o financiamento do novo hospital já estaria assegurado, quando na discussão do terceiro Orçamento de Estado, António Costa parece querer voltar à estaca zero”, diz a deputada madeirense.