PSD-M para Carlos Pereira: “É dentro do PS, via Lisboa, que estão os seus verdadeiros problemas”

Rui Abreu secretário geral do PSD Madeira
Rui Abreu assina um comunicado em que “lança farpas” ao líder do PS-Madeira.

O PSD-Madeira, através do seu secretário-geral, reagiu hoje à intenção do líder do PS-Madeira apresentar uma moção de censura ao Governo Regional, sublinhando que “o Governo Regional da Madeira é apoiado e sustentado por uma maioria do PSD na Assembleia Legislativa da Madeira, eleita democraticamente pela população e cuja legitimidade não pode ser colocada em causa. Tem por isso todas as condições para continuar a exercer o seu actual mandato”.

O mesmo comunicado, assinado por Rui Abreu, refere ainda que “numa altura de divisão interna e de contestação à liderança do Partido Socialista, o PSD/Madeira percebe que o líder regional daquele partido esteja particularmente empenhado em criar manobras para distrair e confundir a opinião pública ou para desviar as atenções do que verdadeiramente está em causa neste momento no Partido Socialista, mas não irá compactuar com nenhuma delas”.

O PSD/Madeira aconselha, diz igualmente o documento, “o líder do PS/M a olhar mais para o interior do seu partido e a deixar de lado, por agora, politiquices desnecessárias com o PSD ou com outros partidos. Porque é dentro do PS que estão os seus principais problemas e é dentro do PS, via Lisboa, que moram os seus verdadeiros problemas políticos: quer os que querem removê-lo da presidência, quer os que almejam entrar em futuros voos eleitorais quando ainda mal aproveitaram voos recentes”.