Relatório sobre tragédia de Pedrógão aponta falhas e Costa admite apurar responsabilidades políticas

fogo pedrógão
O fogo de Pedrogão Grande foi mal avaliado, diz o relatório da Comissão Técnica Independente.

O relatório da Comissão Técnica Independente sobre a tragédia de Pedrogão Grande, um forte incêndio que ocorreu em junho e provocou 64 mortos, concluiu que houve falhas no comando das operações e que um alerta a tempo teria evitado aquele trágico desfecho. O documento foi hoje entregue e nele são apontados aspetos que se prendem com uma má avaliação das condições meteorológicas, bem como da estratégia de intervenção, não tendo sido avaliada a real dimensão do incêndio.

O primeiro-ministro já reagiu à divulgação dos primeiros dados, diz que vai ler o relatório na íntegra e só depois avaliará os procedimentos a adotar. António Costa garante que serão tiradas ilações em termos de responsabilidade, não colocando de parte as ilações de caráter político.