1.º Congresso Regional de Sobreviventes de Cancro a 28 e 29 de outubro

O Núcleo Regional da Madeira da Liga Portuguesa Contra o Cancro, em parceria com a Secção Regional da Ordem dos Farmacêuticos, promove o 1.º Congresso Regional de Sobreviventes de Cancro.

Trata-se de um Congresso que pretende ser um espaço de informação, de discussão e de partilha, através de uma abordagem holística a diferentes temáticas dirigidas aos “sobreviventes”, cuidadores, voluntários, profissionais de saúde e de intervenção social, responsáveis políticos e população em geral.

“Daqui a 50 anos toda a gente vai ter cancro e mais do que um. Mas não vamos morrer disso.” (Sobrinho Simões, in Expresso, 24.02.2017).

Dito assim, o sentimento que nos assola é, simultaneamente, aterrador e tranquilizador. Se por um lado, a perspectiva do aumento do número de doentes de cancro é, do ponto de vista da investigação científica, um dado real a ter em consideração pelos serviços de saúde, mas também pelos cidadãos que não podem descurar a prevenção, não menos verdade é que grande parte dos cancros poderá ser curável.

Assim, a doença oncológica passa a ser considerada uma doença crónica que afeta múltiplas dimensões da pessoa exigindo ao doente mas também aos serviços de saúde e aos serviços sociais uma gestão da própria doença que promova a adaptação à nova condição da vida.

O desafio que se colocará, então, (já se coloca) já não se restringe apenas em como “Sobreviver” a um ou mais cancros mas em como “Viver” com qualidade depois do tratamento a esta doença, numa perspectiva clínica, política e social concertada que se estenda para além dos muros das estruturas de saúde.