MPT quer melhores condições de saúde, trabalho e habitação para a população de Santana

O Partido da Terra esteve hoje presente junto do centro de saúde de Santana, para, através do seu candidato à Câmara Municipal da localidade, reivindicar a abertura do serviço de urgência durante 24 horas. A situação actual, denunciou esta força política, obriga a população local a ter de se deslocar para outros concelhos, o que é “um total absurdo” visto este centro de saúde ter todas as condições para funcionar por 24 horas, defende o MPT.
Eduardo Freitas abordou também outros temas como a desertificação do concelho e a falta de emprego para a população local, que, sem outras alternativas, vê-se obrigada a sair de Santana.
O candidato do Partido da Terra compromete-se com os eleitores de Santana, caso seja eleito, a apoiar na comparticipação de medicamentos para os mais carenciados; vai também criar um gabinete de apoio ao desempregado, assim como na aquisição de livros e material escolar aos alunos em idade escolar obrigatória, e apoiar a habitação, promete.
Deste modo, o candidato procura fixar os jovens no concelho de Santana e também e não menos importante, Eduardo Freitas compromete-se a apoiar os agricultores, reduzindo a carga fiscal a que têm sido sujeitos e recuperar os  caminhos agrícolas e melhorar as infraestruturas da água de rega, sublinha nota do MPT.