Região recebeu este ano oito jovens estrangeiros ao abrigo do programa Eurodisseia

Segundo uma informação do Governo Regional, a Região recebeu este ano, ao abrigo do Programa Eurodisseia, oito jovens estrangeiros provenientes das regiões de Valência, Catalunha, Múrcia, Bruxelas, Valónia e de Umbria, para a realização de um estágio profissional, com a duração de quatro meses meses.

Este programa da Assembleia das Regiões da Europa (ARE) é coordenado na Madeira pela Secretaria Regional de Educação, através da Direcção Regional de Juventude e Desporto. Foi neste contexto que decorreu hoje pelas 15h00, no Centro de Juventude do Funchal, a cerimónia de entrega dos certificados de participação, com a presença do director regional, aos jovens que se encontram na Madeira a frequentar o programa.

Desde 1985, o Programa Eurodisseia proporciona estágios profissionais a jovens com idades entre os 18 e os 30 anos, que possuam formação profissional ou superior, concretizando como grande objectivo, a entrada dos jovens europeus no mercado de trabalho, através da oferta de experiências de estágio, na sua área de formação, refere nota da SRE.

Os participantes desta edição são licenciados em arquitectura, história da arte, sociologia, psicologia, gestão, marketing, multimédia e audiovisuais, tendo sido acolhidos gratuitamente, durante três meses, pelo Núcleo Regional da Madeira da Liga Portuguesa Contra o Cancro, Rota de Recordações, Saber Vanguardista, Arquivo Regional e Biblioteca Pública da Madeira, Associação Abraço, Miguel Abreu – Arquitecto e pelo Museu de Arte Sacra do Funchal.

De entre as múltiplas potencialidades que este programa oferece, destaca-se o acesso a um curso linguístico-cultural, seguro de acidentes pessoais, bolsa para suportar as despesas de alimentação e apoio em transporte. Para além de todas estas regalias, o Governo Regional suporta os custos das viagens aéreas dos jovens madeirenses que participam no Programa, no estrangeiro.

Em termos do envio de jovens madeirenses para outros países da Assembleia das Regiões da Europa, em 2017 já foram integrados 15 participantes em estágios que se encontram a decorrer em Espanha, Bélgica e Espanha. No que concerne às habilitações que estes jovens possuem, realça-se uma formação variada, que vai desde a arquitectura, línguas e relações empresariais, tradução e serviços linguísticos, inglês e estudos empresariais, design, ciências da comunicação, eletrotecnia e comunicações, arte e multimédia, técnico de relações laborais e técnico de apoio psicosocial.

Os jovens interessados em participar no programa devem dirigir-se à Direcção Regional de Juventude e Desporto, à Rua dos Netos, n.º 46 ou consultar informações no site www.drjd.pt